• Empresa Júnior

A importância do bom planejamento para processos seletivos

Processos seletivos na atualidade


Processos seletivos são fundamentais para recrutar pessoas que sejam alinhadas com a cultura organizacional de uma empresa, além de ser o momento de buscar por profissionais qualificados que possam agregar valor ao negócio.


É importante se preparar para um processo de seleção, pois cada novo integrante, independente do seu cargo, vai impactar nos objetivos e no que a empresa deseja alcançar no futuro. Os aplicadores, por exemplo, precisam saber identificar em primeiro lugar o tipo de pessoa que gostariam de ter naquele momento em sua empresa, para assim selecionar as competências essenciais que irão buscar nos participantes. Diante disso, é importante lembrar que não ter sido classificado para uma vaga de emprego não necessariamente quer dizer que o candidato não seja capaz; pode ser que, naquele momento, não haja compatibilidade com o que a empresa busca.


Como se planejar para um processo seletivo remoto


Partindo do princípio do quão importantes são processos seletivos e em como estes costumam ser um momento complexo para os candidatos, estes podem se sentir ansiosos ou nervosos com a possibilidade de não ser selecionados. A situação de pandemia traz consigo a possibilidade de potencializar estes sentimentos, visto que os processos de seleção estão ocorrendo ou vão ocorrer remotamente, um formato novo e consequentemente desconhecido para muitos. Por conta disso, vamos dar algumas dicas de como é possível se preparar para esse momento.


1. Cultura empresarial e posicionamento


Antes do momento do processo seletivo, é interessante que o candidato entenda um pouco da cultura empresarial da empresa porque é possível se ter uma ideia do que a empresa busca em futuros membros a partir dela. Uma possibilidade para se fazer isso é acompanhar as redes sociais da empresa, como o LinkedIn e Instagram, pois o "tom de voz" da empresa nas publicações tem relação direta com o posicionamento, ou seja, como a empresa deseja ser vista, e com os valores. Se feita com atenção, essa análise indica características da cultura organizacional.


2. Questões técnicas


Por ser algo relativamente imprevisível, a questão técnica se torna o maior obstáculo em processos seletivos remotos. Devido a isso, é importante que o candidato mapeie as dificuldades técnicas que possa ter e entre em contato com a empresa em questão para saber quais soluções serão propostas para esse tipo de situação. Há algum telefone de contato caso a internet de algum candidato cair durante o processo seletivo? A empresa oferece suporte para aqueles que não têm acesso a computadores?


Também é essencial que se busque conhecer as plataformas que vão ser usadas antes do dia do processo seletivo. Esta familiarização prévia pode evitar contratempos desnecessários, como sair da sala de videoconferência acidentalmente ou não conseguir enviar uma mensagem privada para tirar algum tipo de dúvida com os avaliadores.


3. Organização


Além do planejamento no que diz respeito à plataforma usada, os candidatos devem lembrar que, apesar de o processo seletivo ser feito em casa, a necessidade de uma organização no dia e/ou manhã que o antecede não é excluída. É importante que haja uma preparação para estar em um ambiente confortável e o mais silencioso possível, para que assim possam ser evitadas distrações. Também é válido ressaltar que dinâmicas de grupo remotas, assim como as presenciais, têm momentos específicos para intervalos, e os candidatos devem se planejar para não precisarem sair da videochamada fora dos momentos de descanso.


4. Autoconhecimento


Apesar de todos os pontos elencados acima, processos seletivos são uma experiência individual de cada candidato, e é importante que haja um autoconhecimento nesse sentido. Na medida em que uma pessoa entende quais são suas forças, fraquezas e sentimentos em situação de processo seletivo, podem ser criadas estratégias para que estes sejam trabalhados da forma mais qualitativa possível.


Além disso, no dia do processo seletivo, é importante ser sincero tanto na fala quanto no jeito de ser. Muitas vezes, fingir ter características específicas na busca por agradar os avaliadores acaba sendo contraproducente para o candidato, que corre o risco de cair em contradição com as próprias ações e fica mais nervoso.


Nosso processo seletivo


A Empresa Júnior PUC-Rio vai realizar seu primeiro processo seletivo remoto no dia 11 de julho. Por se tratar da nossa primeira experiência com o formato nesse sentido, é importante reforçar que há uma grande preparação e cuidado para que a qualidade e eficácia se mantenham ao longo de todo o percurso.


Para se inscrever, basta acessar a aba "Processo Seletivo" do nosso site ou clicar no link disponibilizado na biografia do perfil @empresajunior no Instagram. As inscrições estão abertas até o dia 7 de julho e o único pré-requisito é estar matriculado em um curso de graduação da PUC-Rio.


  • Gabriela Tapajós e Paula Cintra

Rua Marquês de São Vicente, 225
Gávea Rio de Janeiro – RJ

21 3527 1782

images.png
logo-instagram-png-fundo-transparente4.p
facebook-logo-with-rounded-corners_318-9

Site desenvolvido por Empresa Júnior PUC-Rio