• Empresa Júnior

Storytelling para a comunicação das marcas


O que é Storytelling?


Storytelling nada mais é do que o ato de contar uma história: “story” significa história e “telling”, contando. Esse termo em inglês se tornou muito comum e passou a ser utilizado em diversos âmbitos da comunicação para se referir a arte de contar uma história utilizando técnicas e métodos de construção narrativa que a torne relevante para quem está ouvindo. Portanto, é uma maneira criativa e inteligente de transmitir uma ideia ou mensagem da marca que busca encantar seu público através de uma conexão emocional.


Assim, o storytelling tem como principal objetivo fazer o público imergir numa jornada transformadora que o envolva e o faça passar por algum tipo de mudança e/ou reflexão, transmitindo uma mensagem que seja importante para ele.


É importante salientar que nem todo storytelling precisa necessariamente ser uma narrativa. Logo, é possível aplicar elementos e estratégias deste em conteúdos e formas de comunicação diversas utilizando, por exemplo, uma estrutura de início, meio e fim com ideias bem encadeadas e organizadas. Esses elementos ajudarão a fazer com que o público passe por uma experiência e uma jornada de mudanças.



Storytelling no Marketing


Essa estratégia tem sido utilizada por muitas marcas como forma de despertar o interesse do público-alvo de forma sutil, permitindo que se estabeleça uma conexão e um possível relacionamento a partir dos valores e do universo temático da marca. Logo, o estreitamento dessa relação cria um terreno fértil para que este público se engaje, permitindo que as vendas sejam alavancadas de maneira indireta.


O fato interessante dessa técnica é que ela se aproveita de uma característica que é intrínseca ao ser humano:,o gosto de ouvir e contar boas histórias, para construir um relacionamento com seu público. Dessa forma, as marcas utilizam o poder de persuasão do storytelling e apostam em sua eficácia para gerar uma mensagem que seja relevante para seu consumidor, ao mesmo tempo em que agregam valor para ela própria. Com isso, não é necessário divulgar diretamente uma informação sobre algum produto ou serviço. Logo, é possível cativar o interlocutor e gerar brand awareness (consciência e reconhecimento da marca) de maneira orgânica.



Elementos do Storytelling


Entendendo os objetivos de persuasão do storytelling, é importante considerar alguns pontos para seu alcance efetivo: A mensagem como história - O público tende a simpatizar mais com uma mensagem inserida em um contexto que eles enxergam acontecendo em sua rotina. Por isso, envolver sua mensagem em uma narrativa que acompanha o espectador capta sua atenção. E, futuramente, isso contribui para as chances de ele se tornar um consumidor da marca.

Protagonismo - Assim como a narrativa mencionada, colocar seu público-alvo como o centro de sua história favorece para que esse se identifique e se conecte com a mensagem que a marca quer transmitir.

Clímax e resolução - Para captar a atenção e simpatia do público, não basta trazer ele como protagonista em uma história linear/monótona ou com um final pessimista. Por isso, para gerar satisfação do público e apego à marca, é importante trabalhar um roteiro que envolva um momento de conflito, mas que seja resolvido até o final do vídeo. E dessa forma, inserir um CTA (Call-to-Action) para a marca nesse momento chegará como um desfecho orgânico e agradável para o consumidor.




Aplicabilidade - o Storytelling no mercado


Diversas empresas já utilizam o storytelling em suas propagandas: em um vídeo publicado pela Airbnb em 2014, a marca, que visa vender o aluguel de moradias como estadias, utiliza o storytelling para imergir o usuário em uma experiência onde ele se sinta em casa, onde quer que ele esteja no mundo. Dessa forma, a propaganda aproxima o espectador com uma ambiência que faz ele se sentir acolhido.


Outro exemplo é a marca GoPro, que utiliza o storytelling ao compartilhar as vivências dos próprios usuários que utilizam sua câmera: grande parte dos vídeos publicados pela marca são gravados em primeira pessoa, pois são as documentações das aventuras de quem já tem o produto. Desta forma, há aproximação com o público, pois ele foi colocado como o protagonista.

O storytelling é uma ferramenta muito utilizada no mundo digital. Entendendo que esta é uma estratégia que visa aproximar o usuário dos produtos e ideais da empresa, o storytelling é aplicado pelas marcas em seu marketing digital. A empresa que o utiliza busca impactar e imergir seu público de maneira orgânica e sutil e, por isso, observa-se que essa estratégia é constantemente vista nos perfis institucionais de redes sociais. Nesse contexto, os usuários não precisam buscar o conteúdo da marca, pois ele já está inserido em um universo de sua rotina.

  • Flora Nolasco e Miguel Dantas

Rua Marquês de São Vicente, 225
Gávea Rio de Janeiro – RJ

21 3527 1782

images.png
logo-instagram-png-fundo-transparente4.p
facebook-logo-with-rounded-corners_318-9

Site desenvolvido por Empresa Júnior PUC-Rio